Bebê é encontrado morto na zona rural de Macau

Um bebê,foi encontrado morto nesta sexta 21, na zona rural de Macau, dentro de uma caixa de papelão em um lixão.
O bebê foi encontrado por catadores de lixo, com algumas lesões, a informação foi repassada pela Polícia Civil.
O delegado da Policia Militar de Macau, já encontrou a suspeita de ter cometido este crime terrível, e está prestando esclarecimentos.


Fátima lutará para fortalecimento das universidades estaduais no Senado

A deputada federal e senadora eleita Fátima Bezerra (PT) recebeu, nesta quarta-feira (19), em Brasília, o reitor da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN), Pedro Fernandes.

Na reunião foram tratadas as liberações de recursos da universidade nos ministérios da Saúde, Educação, Esporte e no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Também foi tratada a liberação da rádio FM Universitária, em tramitação no Ministério das Comunicações.

Fátima confirmou ao reitor que estará presente na assinatura da ordem de serviço de construção do campus da UERN em Apodi, dia 08 de dezembro, que foi fruto de uma emenda de bancada apresentada pelo deputado federal Fábio Faria (PSD).  “Nós agradecemos a atenção que senadora tem dado à universidade na busca de recursos nos ministérios em Brasília. Fátima teve um papel fundamental na liberação do recurso para a construção do campus da UERN em Apodi”, declarou Pedro.

Integrante da Frente Parlamentar Mista em Defesa das Universidades Públicas, Estaduais e Municipais do Brasil, Fátima Bezerra reafirmou ao reitor seu compromisso em lutar no Senado para que além da cooperação técnica a União implemente o programa de apoio financeiro para as universidades estaduais do país, especialmente da UERN e da região Nordeste.


Justiça condena ex-presidente da Ceasa e Vereador de Lajes por esquema fraudulento em licitações

Do MPRN:
O juiz da 8ª Vara Criminal de Natal, Ivanaldo Bezerra acatou parcialmente pedido do MP que denunciou crime de peculato ocorrido em 2005 na gestão da Ceasa, em processo de licitação para a contratação de empresa de seguros

O Juiz da 8ª Vara Criminal de Natal, Ivanaldo Bezerra Ferreira dos Santos, expediu ontem (18) sentença nos autos do processo nº0031518-95.2008.8.20.0001, condenando o ex-presidente das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Norte S/A (Ceasa) e outros três envolvidos em um esquema de licitação fraudulenta para a contratação de empresa de seguros no ano de 2005. João Alves foi condenado em seis anos de reclusão e 80 dias/multa e Jimmy Teófilo recebeu pena de 5 anos e 4 meses de reclusão e 60 dias/multa. O magistrado absolveu Liésio Correia.

De acordo com investigações do Ministério Público, Jimmy Cleyson Teófilo da Silva, chefe do Departamento de Compra da Ceasa, elaborou pesquisa mercadológica que deflagrou o procedimento licitatório nº001/2005. Participaram do certame cinco empresas supostamente interessadas na celebração de um seguro patrimonial com a Ceasa, mas apenas uma delas, a Unibanco AIG Seguros S/A, compareceu ao certame e foi habilitada.

O Presidente da Comissão de Licitação, Liésio Correia de Andrade, elaborou relatório sugerindo a realização de novo Convite, todavia, o então presidente da Ceasa, João Alves de Carvalho Bastos, deu prosseguimento ao procedimento licitatório, atestando que os representantes das empresas Liberty Paulista de Seguros Ltda., HSBC Seguros S/A e AGF Brasil haviam comparecido e vistoriado a área objeto do certame. João Alves homologou a licitação fraudulenta e ordenou a despesa com valores superfaturados.

Posteriormente, descobriu-se que as empresas que tiveram seus nomes incluídos como participantes do certame, na realidade, não haviam apresentado qualquer proposta, nem participado do processo de licitação. Mesmo assim, Liésio Correia de Andrade atestou que os representantes das empresas Liberty Paulista de Seguros Ltda., HSBC Seguros S/A e AGF Brasil haviam comparecido e vistoriado a área que seria segurada.

Na sentença, o juiz 8ª Vara Criminal de Natal diz que Ricardo Jorge de Azevedo Lima foi o grande beneficiário do esquema de desvio de dinheiro público operacionalizado através da fraude na licitação para contratação de seguro patrimonial da Ceasa. As provas apontam que o acusado, proprietário da empresa Cabugi Administradora e Corretora de Seguros, recebeu tarifa de corretagem à custa do poder público.

Em juízo, Ricardo Jorge afirmou ter recebido R$39.030,00 a título de percentual de corretagem somente por ter levado à empresa Unibanco AIG Seguros S/A, única habilitada após a conclusão da licitação fraudada, o edital de licitação nº 001/2005, solicitando a “reserva de mercado”, ou seja, o pagamento da comissão caso aquela empresa fosse a vencedora do certame. Ricardo foi condenado a quatro anos e três meses de reclusão e 50 dias/multa.

O magistrado absolveu Liésio Correia, por entender que ele não agiu com “vontade e consciência da ilicitude”, uma vez que recomendou a renovação do procedimento licitatório a quem poderia renová-lo, o então presidente da Ceasa, João Alves de Carvalho Bastos.

Do blog: Jimmy Teófilo é vereador em Lajes.


Vereadores e Ex-vereadores são condenados na Operação Impacto

O Tribunal de Justiça do RN, manteve a condenação dos acusados na Operação Impacto, os 12 vereadores haviam sidos condenados em primeira instância.
Os vereadores e ex-vereadores condenados, foram: Edivan Martins, Adão Eridan, Aluísio Machado,Renato Dantas, Geraldo Neto, Carlos Santos, Adenúbio Melo, Salatiel de Sousa, Edson Siqueira, Aquino Neto, Júlio Protásio, Dickson Nasser e Enilson Medeiros.


Câmara Criminal do TJRN mantém decisão de primeiro grau e absolve empresários acusados na Operação Impacto

A Câmara Criminal do TJRN, manteve a sentença de absolvição dos réus os empresários Ricardo Abreu e José Cabral, acusados de lavagem de dinheiro.
De acordo com os magistrados não foi comprovado origem ilícita do dinheiro usado na compra de um apartamento de Ricardo por José Cabral, no valor de R$100 mil.


Ex-vereador Edivan Martins é condenado na Operação Impacto

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do RN, decidiu pela condenação pelo crime de corrupção passiva, do ex-vereador Edivan martins.
Na primeira decisão de primeiro grau, o ex-vereador havia sido inocentado, sento absolvido.

O relator do processo da Operação Impacto, o desembargador Glauber Rêgo, afirmou que não há dúvidas sobre a participação de Edivan, no esquema de recebimento de propinas durante a votação do Plano Diretor em 2007.


Ministério da Integração anuncia liberação de R$ 5,659 milhões para recuperação de Mãe Luiza

O ministro da Integração Nacional Francisco José Coelho Teixeira comunicou nesta terça-feira (18), por telefone ao prefeito Carlos Eduardo, que vai encaminhar ainda hoje um ofício à Prefeitura do Natal garantindo a liberação dos recursos R$ 5,659 milhões para a realização das obras de recuperação de Mãe Luiza. Uma cópia do ofício será encaminhada pelos Correios e via e-mail.

Segundo Francisco Teixeira, de posse do documento o prefeito poderá determinar o início do processo licitatório da obra. O dinheiro será utilizado na reconstrução da drenagem, abastecimento e esgoto, além da estabilização da encosta, construção da escadaria e urbanização. O Ministro da Integração sugeriu que a licitação seja feita no sistema de Regime Diferenciado de Contratação (RDC), já que a obra é emergencial e esse regime permite encurtar os prazos do processo.

Carlos Eduardo agradeceu ao Ministro da Integração Nacional e convocou para uma reunião em seu gabinete o secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Tomaz Neto e o Procurador Geral do Município Carlos Castim para acelerar o processo de licitação.
O prefeito de Natal agradeceu também ao Ministro da Previdência Social, Garibaldi Filho e ao presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo, que estavam com Francisco Teixeira quando ele comunicou por telefone a liberação de recursos.

O chefe do executivo municipal lembrou que desde junho deste ano, quando ocorreu o deslizamento de terra em Mãe Luiza, vem tentando a liberação de recursos junto ao Governo Federal para as obras de recuperação da área. E acrescentou que a Prefeitura desde o primeiro momento realizou ações para minimizar os transtornos da população, executando as obras emergenciais necessárias, realizando um monitoramento permanente da área e criando o aluguel social para que as famílias que perderam as casas, de modo que nenhum morador ficasse desabrigado.


STF mantém decisão do TJRN e suspende feriado da Consciência Negra em Natal

Nesta quarta-feira 19, o Supremo Tribunal federal, acabou com esta indecisão de feriado em Natal, e manteve a decisão do Tribunal de Justiça do RN, suspendendo o feriado da Consciência Negra.
O projeto de feriado, foi aprovado pelos vereadores e decretado pela Prefeitura do Natal.
A Federação do Comércios de Bens, Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (FECOMERCIO), entrou com ação pedindo suspensão do feriado,o TJRN concedeu medida cautelar favorável aos comerciantes, suspendendo o feriado instituído pela Lei Municipal nº 6.458/2014.


Justiça derruba liminar que suspendia concurso da PF

A quinta-feira começa com uma boa notícia para interessados no concurso com 600 vagas de agente da Polícia Federal (PF). O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) derrubou a liminar que suspendeu o certame no final do mês passado. A suspensão se deu após a 1ª Vara Federal de Uberlândia/MG ter acolhido ação proposta pelo Ministério Público Federal (MPF), que pretendia garantir o acesso de pessoas com deficiência ao cargo. O documento pedia que o exame de aptidão física e o curso de formação fossem adaptados aos candidatos que concorrem dentro dessa reserva de vagas.

Em defesa, a Advocacia-Geral da União (AGU) alegou que os motivos da suspensão contrariavam julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e afrontava o princípio da isonomia. Os procuradores destacaram, ainda, que o edital assegurava o acesso da pessoa com deficiência ao concurso, porém não poderia haver prejuízo à Administração Pública quanto ao desempenho do cargo. De acordo com a AGU, a adaptação das etapas a candidatos com deficiência seria “inviável, tanto acadêmica como tecnicamente”.

O relator do recurso no TRF-1 acatou os argumentos apresentados pela AGU e derrubou a liminar de suspensão até o pronunciamento definitivo do colegiado. Recentemente, a PF anunciou que as datas do concurso serão alteradas. Segundo comunicado publicado no site da organizadora, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), novas informações serão publicadas no dia 28 de novembro.

Os agentes da PF executam investigações e operações policiais na prevenção e na repressão a ilícitos penais, dirigem veículos policiais, cumprem medidas de segurança orgânica, e desempenham outras atividades de natureza policial e administrativa.

O concurso

Ao todo, são 600 vagas para o posto de agente, com remuneração de R$ 7.514,33. Podem participar candidatos com qualquer curso de nível superior. Do total de chances, 30 são reservadas a pessoas com deficiência. Outros 20% são destinados a candidatos negros. Não há formação de cadastro reserva.

O concurso é composto por provas objetivas e discursivas, exame médico, avaliação psicológica e investigação social. Candidatos ainda farão curso de formação, de caráter eliminatório, a ser realizado no Distrito Federal em regime de internato.

De acordo com o edital, para a escolha de lotação serão disponibilizadas vagas, preferencialmente, nos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima e em unidades de fronteira.

CorreioWeb


Morre ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos

Bastos foi internado na terça (18) para tratamento de fibrose pulmonar. O ex-ministro morreu no Hospital Sírio-Libanês aos 79 anos.

O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, de 79 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (20) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. A informação foi confirmada pela equipe médica.
Bastos foi internado na terça-feira (18) para tratamento de descompensação de fibrose pulmonar, segundo boletim médico divulgado pelo hospital.
Um dos advogados criminalistas mais influentes do país, Bastos foi convidado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para compor a equipe do primeiro mandato. Comandou o Ministério da Justiça entre 2003 e 2007.
Mesmo depois de deixar o ministério, continuou em evidência ao atuar em casos de grande repercussão nacional. Atuou, por exemplo, no julgamento do processo do mensalão, no Supremo Tribunal Federal, em 2012. Na ocasião, defendeu o ex-vice-presidente do Banco Rural, José Salgado.
Durante o período do julgamento, entrou com reclamação contra o então presidente do STF, Joaquim Barbosa, questionando o fato de Barbosa não ter levado pedidos da defesa dos réus para análise do plenário do tribunal.
Também foi o responsável pela defesa do bicheiro Carlinhos Cachoeira, que responde a processo por suspeita de participação em esquema de jogos ilegais.
Bastos atuou ainda na defesa do médico Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por 48 ataques sexuais a 37 vítimas.
A acusação dos assassinos de Chico Mendes, do cantor Lindomar Castilho e do jornalista Pimenta Neves são outros trabalhos de repercussão nacional no currículo do ex-ministro.
Bastos era formado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) na turma de 1958.
Em 1990, após a eleição do presidente Fernando Collor, integrou o governo paralelo instituído pelo Partido dos Trabalhadores como encarregado do setor de Justiça e Segurança. Em 1992, participou ao lado do jurista Evandro Lins e Silva da redação da petição que resultou no impeachment de Collor.

É fundador do movimento Ação pela Cidadania, juntamente com Severo Gomes, Jair Meneghelli e Dom Luciano Mendes de Almeida. É fundador do Instituto de Defesa do Direito de Defesa.


Natal recebe prêmio nacional como a melhor cidade para se viver no Nordeste e se coloca em 13° no ranking do Brasil

Do Nominuto:

  A revista AméricaEconomia Brasil divulgou uma pesquisa encomendada a Delta Economics & Finance onde elegeu NATAL como a melhor cidade para se viver no Nordeste e a 13ª do País. A iniciativa acabou originando o primeiro “Índice das Melhores e Maiores Cidades Brasileiras”, o BCI100.

  Natal se destacou no quesito “Finanças” e se manteve na média na área de “Saúde”. Blumenau (SC) e Belo Horizonte (MG) ficaram em 2º e em 3º lugares, respectivamente.
  Para definir o índice, a pesquisa analisou, nas 100 grandes cidades do país, um conjunto de 77 atributos distribuídos em dez categorias distintas: geral, governança, bem-estar, econômico, financeiro, domicílio, saúde, educação, segurança e digital.
  A segunda melhor cidade do Nordeste, de acordo com o BCI100, é Salvador (BA), que ficou com o 27º lugar do Ranking geral, seguida por Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, no 37° lugar do ranking.

  A cidade de Santos, no litoral paulista, é a líder do ranking, apresentando o terceiro melhor Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e a sexta maior renda per capita. Santos se destacou no quesito “Educação”, e ficou em segundo lugar em “Saúde”.
  O objetivo da pesquisa foi desenvolver um raio-x de cada grande cidade para que as necessidades de cada local sejam identificadas e percebidas pelos seus próprios habitantes, visto que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 60% da população estará vivendo em cidades no ano de 2030.

  PREMIAÇÃO NACIONAL 
  

Essa pesquisa serve para calar a boca de muita gente que nasceu aqui, reside, fez sua vida profissional e tem como hobby falar mal da cidade onde vive. Como terapia recomendo uma injeção de autoestima na veia para ficar de bem com a vida e amar Natal. Nossa cidade é linda, tem um povo bom e hospitaleiro. Quem passa um período vivendo em Natal, quando vai embora e acerta suas contas por onde anda, não tem outro jeito: volta para fixar residência em Natal. Taí, porque Ponta Negra é o bairro preferido para quem migra para Natal. Quem não gostar de Natal, mude-se vá morar no Afeganistão, Síria, Bali.

  Natal seguidamente vem ganhando premiações, a última delas conferidas pelo Associação de Agentes de Viagens de São Paulo (AVIRP) que pesquisou com seus clientes qual o melhor destino para se fazer turismo no Nordeste: não deu outra Natal ganhou disparado.

  MAIS  INFORMAÇÕES
O Ranking geral da pesquisa está disponível online no link a seguir > 


Julgamento da Operação Impacto é adiado para esta quinta-feira

Nesta terça-feira 18, os desembargadores Gilson Barbosa, Ibanez Monteiro e o relator Glauber Rego, adiaram o julgamento da Operação Impacto, para esta quinta-feira 21.
O adiamento foi dado com o objetivo de ampliar a discussão, e destinar uma sessão só para tratar do processo que apura as irregularidades na Câmara de Natal em 2005.


Governo eleito tem 45 dias para garantir a renovação de convênios no valor de R$ 120 milhões

A equipe de transição apurou que o Governo eleito do Rio Grande do Norte tem até o dia 31 de dezembro para garantir a renovação de convênios nas mais diversas áreas da administração. A continuidade deles já foi solicitada ao à atual administração. Segundo levantamentos preliminares, esses convênios somam cerca de R$ 120 milhões e inclui programas como o Brasil Mais Seguro, na área de Segurança Pública, que se destina à redução da criminalidade por meio do acordo de cooperação da União com os estados e municípios.

Reunida nesta segunda-feira (17), na Escola de Governo, a equipe de transição também iniciou a avaliação das informações recebidas das secretarias de Administração e de Tributação e ficaram acertadas as áreas a serem de responsabilidade de cada integrante.


UFRN divulga concurso público com salário de até R$8.344, 64

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte – UFRN, divulgou a abertura do Concurso Público regido pelo edital nº 13/2014, que provê o preenchimento de 26 vagas nos cargos de Professor Auxiliar e Adjunto, considerando a reserva para pessoas com necessidades especiais.
Os docentes serão responsáveis pelas áreas de Microbiologia (1); Farmacologia (1); Educação na Comunidade (2); Medicina (1) ; Medicina de Família e Comunidade (6); Ginecologia e Obstetrícia (2); Psiquiatria (2); Infectologia (1); Anestesiologia (1); Patologia (1); Imagenologia (1); Dermatologia (1); Ortopedia e Traumatologia (1); Cirurgia (2); Nutrição Social (1); Morfofisiologia (1) e Biologia das Doenças Tropicais (1).
A remuneração devida aos aprovados varia entre R$ 1.966,67 e R$ 8.344,64, de acordo com a função exercida e jornada desempenhada, que pode ser de 20h, 40 horas semanais ou de Dedicação Exclusiva.
As oportunidades encontram-se abertas na Escola Multicampi de Ciências Médicas do RN (Caicó, Currais Novos e Santa Cruz), e exigem formação de nível superior em graduação e/ou doutorado, conforme a vaga de interesse.
Os profissionais interessados devem efetuar as inscrições de 17 de novembro de 2014 a 16 de dezembro de 2014, pelo site www.sigrh.ufrn.br, com o recolhimento da taxa no valor variável de 50,00 a R$ 220,00.
Os inscritos serão submetidos à aplicação de Provas Escrita, Didática, de Defesa do Memorial e Projeto de Atuação Profissional, de Títulos e Produção Intelectual. O resultado final será válido por um ano, podendo ser prorrogado por igual período.


José Adécio cassado de novo

A notícia não é antiga, acredite.. Mais uma vez o deputado estadual José Adécio foi cassado, nesta sexta-feira, através de decisão de primeiro grau e sentença de inelegibilidade, assinada pelo juiz de Pedro Avelino, Otto Bismarck.
Acontece com o deputado José Adécio, a mesma situação que que Dibson Nasser tem vivido, desde que assumiu o mandato, que lhe foi dado pelos votos adquiridos, mas que a justiça o tomou por inúmeras vezes e devolveu por tantas vezes também que já foi perdida até a soma de troca de mandatos entre o dois.
O juiz Otto Bismarck, torna o deputado José Adécio, inelegível por 8 anos na sentença, porém o efeito é suspensivo, e não causará nenhum problema para o próximo mandato de José Adécio que foi eleito para o pleito 2015 até 2019.
E, só para tranquilizar o suplente de José Adécio, ele não assumirá no próximo mandato, então nem se anime agora.


Justiça nega pedidos de habeas corpus de executivos da operação Lava Jato

Do Globo:
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, indeferiu neste sábado (15) seis pedidos de habeas corpus em nome de onze pessoas ligadas a empreiteiras que tiveram prisão decretada na sétima fase da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Segundo a assessoria de imprensa, não foram aceitos o habeas corpus para Eduardo Hermelino Leite, José Ricardo Nogueira Breghirolli, Agenor Franklin Magalhães Medeiros, João Ricardo Auler, Dalton dos Santos Avancini, José Adelmario Pinheiro Filho, Alexandre Portela Barbosa, Mateus Coutinho de Sá Oliveira, Carlos Eduardo Strauch Albero, Newton Prado Júnior e Gerson de Mello Almada.

As decisões são da desembargadora Maria de Fátima Freitas Labarrère, plantonista do TRF-4, em Porto Alegre. Novos pedidos podem ser feitos neste domingo (16).

A sétima fase da operação, que investiga um esquema de lavagem e desvio de dinheiro na ordem de R$ 10 bilhões, foi deflagrada na sexta-feira (14) pela Polícia Federal (PF) e teve como alvo executivos e funcionários de nove grandes empreiteiras, que apenas com a Petrobras têm contratos que somam R$ 59 bilhões. Boa parte dos contratos estão sob avaliação da Receita Federal, do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal. Ao todo, foram cumpridos 85 mandados em cidades do Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Distrito Federal.

Os presos começam a prestar depoimento neste sábado (15) na Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba. Um avião, com 16 suspeitos, deixou o Rio de Janeiro e chegou à capital paranaense por volta das 4h20. Além destes, também prestarão informações quatro investigados que se entregaram voluntariamente à polícia na noite de sexta-feira (14) e seguem presos. Todos são ligados ao alto escalão de  empreiteiras que possuem contratos com a Petrobras. Outros cinco investigados ainda são procurados.


Números de celulares do RN terão mais um dígito

Do G1:
Os números dos telefones celulares com código de área do Rio Grande do Norte ganharão o nono dígito em maio de 2015. O aviso foi publicado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Diário Oficial da União, onde foi divulgado o cronograma de adoção do nono dígito em nove estados.

Além do RN, os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Sergipe também terão a adoção do nono dígito. A Anatel informou que a mudança nos códigos de acesso do serviço móvel pessoal obedece ao disposto na Resolução 553/2010. No Rio Grande do Norte, o nono dígito será incorporado no dia 31 de maio.

A Anatel acrescenta que o dígito nove será acrescentado à esquerda dos atuais números, que passarão a ter o seguinte formato: 9xxxx-xxxx. Após as datas acima mencionadas, as ligações marcadas com oito dígitos ainda serão completadas por um tempo determinado, para adaptação das redes e dos usuários.

De acordo com a agência, gradualmente haverá interceptações e os usuários receberão mensagens com orientações sobre a nova forma de discagem. Após esse período de transição, as chamadas marcadas com oito dígitos não serão mais completadas.

Os planos de numeração dos serviços de telefonia fixa e móvel especializado não sofrerão alterações, permanecendo com códigos de acesso com oito dígitos.


Whatsapp permitir configurar desativação de visualização

Uma nova versão de notificação quando alguém lia suas mensagens, causou maior confusão nas mídias sociais, agora o WhatsApp permite que usuários desativem a opção.

A atualização do aplicativo, por enquanto, é somente para a mais nova versão do WhatsApp para Android (2.11.44) e para atualizações feitas diretamente no site da empresa. A atualização automática deve demorar mais algum tempo para ser liberada na Google Play Store.

Na seção de privacidade, o usuário pode escolher se deseja ou não que outras pessoas sejam notificadas enquanto você lê as conversas. É preciso ir em “Configurações”, depois em “Privacidade” e então em “Opções de conversa”.
mensagem-lida-whatsapp-g1


Após piada em WhatsApp, PM faz blitz da Lei Seca e prende 26 pessoas em Natal

Do G1:
Responsável por coordenar as operações da Lei Seca na capital potiguar, o tenente da Polícia Militar Styvenson Valentim disse que ficou chateado com uma foto que circulou nas redes sociais na qual ele aparece embarcando, na última quarta-feira (12), para um seminário em Brasília, e decidiu dar uma resposta à provocação. A imagem, de autoria desconhecida, se espalhou pelos grupos de WhatsApp com a seguinte mensagem: ‘Bora beber que o homem viajou… vai com Deus Ten. Steyveson’. Na madrugada deste sábado (15), já com o tenente de volta a Natal, 57 carteiras de habilitação foram recolhidas e 26 motoristas presos por embriaguez ao volante durante fiscalização realizada na Avenida Engenheiro Roberto Freire, na Zona Sul da cidade. “Esta foi a minha resposta”, afirmou ao G1.

Enquanto permaneceu no Distrito Federal, não houve nenhuma fiscalização para coibir crimes de trânsito na capital potiguar. O tenente disse que desembarcou em Natal pouco depois da meia-noite, já na madrugada deste sábado. Meia hora depois, já estava na Avenida Engenheiro Roberto Freire, onde montou a barreira de fiscalização juntamente com o Departamento Estadual de Trânsito. “Estava muito cansado. Mas decidi dar uma resposta ao gaiato que fez a foto e espalhou a imagem. Para mim, isso foi um afronte. Não à minha pessoa, mas à legislação. Se arrisca quem acha que tá liberado beber e dirigir”, rebateu.

O oficial foi fotografado no saguão do Aeroporto Internacional Aluízio Alves. Ele e o comandante geral da corporação, coronel Francisco Araújo Silva, foram a Brasília participar de um seminário internacional sobre segurança no trânsito. O comandante retornou a Natal primeiro, chegando ainda na tarde da sexta-feira (14). Já o tenente, pegou outro voo.

Choro na blitz
Ainda de acordo com o tenente Styvenson, um dos motoristas presos durante a blitz realizada nesta madrugada chorou após soprar o bafômetro e ficar constatado que ele estava sob efeito de álcool. “O rapaz chorou bastante. Tava tão bêbado que inventou um monte de histórias. Disse até que havia sido assaltado. Descobrimos, depois, que ele tinha brigado numa festa, onde encheu a cara”, revelou o oficial.

O rapaz, assim como os outros 25 detidos por embriaguez ao volante, foram autuados na Delegacia de Plantão da Zona Sul da cidade, pagaram fiança e foram liberados. Mesmo assim, responderão criminalmente pelo crime de trânsito, pagarão multa no valor de R$ 1.915,40,  perderão 7 pontos na carteira e ainda terão a CNH apreendida durante um ano.


Governo do RN fará multirão para atender 824 PM’s aprovados no concurso

No Diário Oficial do Estado do RN, a convocação dos 824 PM’s, agora o problema é outro….
Desde 2005, os aprovados aguardam
Esta e a terceira etapa e agora realizam os exames de saúde de 9 a 23 de dezembro, o neuropsiquiatro será adiado p marco de 2015, porque o único psiquiatra é incapaz de atender esta quantidade de pms, e o probabilidade e que se formem so em março, e atuem em dezembro.
O Coronel Araújo, em nota disse que vai formar uma comissão de psiquiatras e psicólogos para resolverem a situação dos 824 aprovados da Polícia Militar do RN.


próxima página