Municípios recebem selo UNICEF

Quarenta e nove municípios potiguares receberam, nesta sexta-feira (02), o Selo Unicef- Município Aprovado (2013-2016). O evento aconteceu na Escola de Governo, e contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (Sethas-RN). A cerimônia teve a presença dos prefeitos dos 49 municípios premiados por implementarem políticas públicas para diminuir as desigualdades e garantir os direitos das crianças e dos adolescentes. Estiverem presentes na cerimônia, também, a secretária adjunta da Sethas-RN, Maira Oliveira, o secretário de Relações Institucionais, Getúlio Ribeiro, representantes da Unicef e do Ministério Público. A secretária adjunta da Sethas, Maira Almeida, ressaltou a importância do Selo Unicef. “ É uma premiação muito importante para o município, pois significa que ele pensa e executa políticas para a criança e do adolescente e também mostra que houve um avanço nessa política e que existe um retorno da comunidade”. O Selo Unicef- Município Aprovado é uma premiação que tem o objetivo de contribuir para o fortalecimento da gestão municipal no cumprimento do seu papel constitucional, alcançando resultados por meio de políticas públicas efetivas para promover a proteção integral da população de até 17 anos. 308 municípios do Semiárido Brasileiro receberam o selo Unicef este ano.


Dama de Espadas: decisão determina desmembramento de investigações dos deputados estaduais

 

O desembargador Cornélio Alves, do Tribunal de Justiça do RN, determinou a retomada das investigações relacionadas à operação “Dama de Espadas” e autorizou o desmembramento das apurações no TJRN em relação aos deputados estaduais  Álvaro Dias, Nélter Queiroz, Getúlio Rêgo, Ricardo Motta, Raimundo Fernandes, Márcia Maia, Gustavo Carvalho e José Adécio, detentores de foro por prerrogativa de função junto à Corte potiguar.
A decisão diz respeito ao Procedimento Investigatório Criminal n° 2016.018168-4, o qual continuará tramitando junto ao Tribunal de Justiça e será remetido ao Procurador-Geral de Justiça, que deverá concluir as investigações no prazo de 60 dias ou, finalizado este prazo, requerer fundamentadamente a sua prorrogação.
“Não importa que o objeto central da investigação não seja os parlamentares estaduais. Fato é que, surgindo fortes indicativos, como os colacionados nos autos, de participação de sujeito detentor de foro por prerrogativa de função, os autos devem ser encaminhados à Corte competente, a quem incumbirá decidir acerca da pertinência do desmembramento”, explicou o desembargador Cornélio em sua decisão.
Em relação aos deputados estaduais, o Ministério Público alega a existência de um esquema de desvio de verbas públicas por meio da nomeação de servidores fantasmas, cujas remunerações eram revertidas aos próprios agentes políticos, às suas campanhas, ou a terceiros. “No transcorrer das investigações foram, fortuitamente, descobertos indícios de crimes supostamente praticados por deputados estaduais, que não guardam qualquer relação com os fatos delituosos inicialmente investigados”, aponta o relatório da decisão.
O desmembramento ocorre após decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, nos autos da Ação Ordinária nº 2038/RN (Reclamação nº 2015.015014-3). Segundo a decisão do ministro, a partir do surgimento de indícios da autoria ou participação de agentes detentores de foro por prerrogativa de função nas Corte de Justiça, a esta compete a autorizar a continuidade das investigações com relação a tais agentes, bem como decidir sobre a necessidade ou conveniência de sua cisão, para que a investigação operada na segunda instância englobe apenas os detentores das prerrogativas.
Segundo a decisão, a autorização para a continuidade das investigações não representa juízo antecipado sobre autoria e materialidade dos delitos, conforme as próprias palavras do MP, as quais ressaltam que da análise superficial do conjunto probatório, constituído por ora apenas de “elementos iniciais para o desencadeamento da investigação”.
A autorização também definiu que os procedimentos autuados sob os números de registro cronológico 2016.015339-3, 2016.015343-4, 2016.015340-3, 2016.016103-9, 2016.016111-8 e 2016.016108-4, deverão, após remetidos à PGJ, retornar ao Juízo da 8ª Vara Criminal da Comarca de Natal, para continuidade das investigações com relação aos não detentores de foro por prerrogativa de função.
Publicidade
“Embora siga em segredo de justiça, devido alguns documentos trazidos aos autos, não há imposição legal para ocultação dos nomes dos até então investigados, ou dos provimentos jurisdicionais, já que, na regra do processo penal, é a publicidade dos atos processuais e a lei só poderá restringi-la quando a defesa da intimidade ou o interesse social o exigirem”, define o relator Cornélio Alves.
Saiba mais
A operação “Dama de Espadas” foi deflagrada pelo Ministério Público Estadual e pela Delegacia Especializada em Investigações de Crimes contra a Ordem Tributária (Deicot), visando apurar possíveis práticas criminosas contra a Administração Pública, no âmbito da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN).
Segundo o MP, a operação descortinou um “esquema estruturado no âmbito da Assembleia Legislativa deste Estado, através do qual uma refinada associação criminosa composta por alguns servidores público do órgão, com auxílio de um gerente do Banco Santander, se utilizavam de cheques salário como forma de desviar recursos em benefício próprio ou de terceiros”.


Destaque na Folha de São Paulo – Pacto fiscal único para Estados é ‘difícil de aplicar’, diz governador do RN

Depois de o Nordeste reagir ao pacote de medidas de ajuste fiscal proposto pelo governo federal, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, defendeu nesta quarta-feira (30) ações “regionalizadas” e disse que é “difícil de aplicar” um pacto único para todos os Estados do país.

“Existem vários ‘Brasis’. Não podem adotar medidas iguais para Santa Catarina, Paraná, que são Estados ricos, e Rio Grande do Norte ou Paraíba. É preciso fazer adequações de acordo com o regionalismo. Não pode ter uma receita de bolo igual para todos os Estados. O importante é que cada um atenda metas necessárias para que o Estado fique dentro de um padrão interessante do ajuste fiscal que o governo federal quer”, defendeu.

Depois de reunião com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, Faria declarou que houve um “equívoco” nesta semana e que os governadores da região não se posicionaram contra medidas de austeridade propostas pela União.

Na semana passada, o presidente Michel Temer acordou com governadores a liberação de mais de R$ 5 bilhões referentes à multa do programa de regularização de recursos ao exterior. Em troca, o governo exige que os Estados adotem medidas de controle de ajuste fiscal.

No início desta semana, governadores do Nordeste reagiram ao pacote de medidas do Ministério da Fazenda e disseram ter feito o “dever de casa”.

Na segunda, o secretário de Tributação do Rio Grande do Norte, André Horta, defendeu que o pagamento da multa da repatriação e as medidas de ajuste devem ser discutidas separadamente.

O governador Robinson Faria declarou nesta quarta, no entanto, que houve um “equívoco” e que, na verdade, os Estados nordestinos não se posicionaram contra a proposta de ajuste fiscal.

“Expliquei ao ministro Meirelles que não houve divergência, não houve contradição ou sentimento do Nordeste de não cumprir as metas, muito pelo contrário. O Nordeste é quem mais precisa de apoio hoje. Jamais iríamos ser irresponsáveis para não cumprir metas para poder ter contrapartida do governo federal de apoio a operação de crédito”, disse.

Segundo Faria, houve “má interpretação” de que o Nordeste estava “divergindo” ou “querendo dar um grito de independência”. Ficou acertado com Meirelles, segundo ele, que o Nordeste elegerá um representante para falar em nome dos nove estados com o governo federal e “esclarecer tudo que aconteceu”.

“Ficou parecendo que o Nordeste, para receber multa da repatriação, queria receber independente de atender o governo federal. Isso não aconteceu”, reforçou.

Em relação à proposta de estabelecer uma regra semelhante à PEC do teto de gastos, que limita o crescimento das despesas à inflação, Faria afirmou que o grupo do Nordeste ainda está debatendo o tema. “Estamos discutindo, com opinião para dar certo. Não quero me adiantar à decisão final do Nordeste”, disse.

O governador também não cravou que o grupo vai apoiar o aumento da contribuição previdenciária de 11% para 14% nos Estados, mas disse que isso tende a acontecer. “Há uma tendência de aumentar a alíquota”, afirmou.

 

 

Conteúdo Folha


Deputados do RN votam na calada da noite proposta que pune juízes e membros do MP

Câmara dos Deputados, em Brasília

A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta-feira a proposta apresentada pelo líder do PDT, Weverton Rocha (MA), que propõe punir o abuso de autoridade praticado por magistrados e membros do Ministério Público (MP). O argumento dos parlamentares para a aprovação da medida foi que não poderia se admitir no país mais “privilégios a ninguém”.

Em votação nominal, a emenda ao pacote anticorrupção foi aprovada por 313 votos a favor, 132 contrários e cinco abstenções. “Essa emenda permite que todos se comportem dentro da lei”, disse o líder do PCdoB, Daniel Almeida (BA).

A deputada Clarissa Garotinho (sem partido-RJ) citou a prisão de seu pai, o ex-governador Anthony Garotinho, como “caso emblemático” de abuso de poder. “Hoje foi com Garotinho, amanhã pode ser com qualquer um.”

‘Calada da noite’

Só DEM, PSDB, PROS e PHS liberaram suas bancadas. PPS, Rede, PV e PSOL orientaram voto não por considerem o tema inadequado para votação para não causar constrangimentos aos investigadores da Operação Lava Jato.

“Vai parecer uma retaliação ao Judiciário e aos membros do Ministério Público”, pregou o líder da Rede, Alessandro Molon (RJ). “É um erro, é inoportuno”, acrescentou o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), criticando tal votação “na calada da noite”.

 

Da VEJA

 

A vergonha não foi ter aprovado, foi ter os deputados federais do RN, votando nessa pouca vergonha.

VERGONHA ALHEIA: Deputado federal Fábio Faria foi o único que votou contra o projeto que pune os juízes, procuradores e membros do MP

Vergonha alheia é pouco para o voto vergonhoso dos deputados federais do RN, que votaram a favor do projeto que pune juízes, procuradores e membros do Ministério Público. A sociedade queria que fosse votado um projeto para acabar com a corrupção e em troca teve um projeto que pune quem acaba com a corrupção.
O pacote anticorrupção, ou melhor o pacote vergonha que foi votado na calada da noite, aprovado e totalmente desconfigurado pelos deputados aprova medida que pune juízes por abuso de autoridade, inclusive por nossos deputados federais do RN, o único que foi contra essa pouca vergonha foi o deputado Fábio Faria, que disse não para esta falta de respeito com a população.
A medida propõe punir o abuso de autoridade praticado por magistrados e membros do Ministério Público, com o argumento que não poderia admitir privilégios a ninguém.
Isso quer dizer que se um juiz por exemplo mandar prender um político bandido, pode ser até punido. Isso não existe, vergonha, vergonha, vergonha.
Esta votação é o que se pode chamar de retaliação ao poder Judiciário, aos membros do MP e a própria sociedade que vai ficar sem justiça neste país.


Governo conclui mais um trecho do pacote de restauração de vias

O Governo do Estado concluiu hoje, 29, a pavimentação da RN-066, no trecho que liga a Avenida Maria Lacerda a Cajupiranga, na Grande Natal. A obra faz parte de um pacote de restauração de estradas, cujo investimento é estimado em R$ 18 milhões. Das sete vias contempladas no pacote, quatro já foram concluídas.

O diretor de obras do Departamento de Estradas e Rodagem, Caio Múcio Pascoal,  explicou que em 15 dias será feita a finalização, que inclui toda a parte de sinalização horizontal e vertical. “Esta é uma via de mais de 20 anos. Ela estava com o pavimento todo oxidado. Fizemos o reforço no pavimento, através da reciclagem da base com o acréscimo de solo brita e capeamento em CBUQ, o mais nobre dos revestimentos asfálticos”, explicou.

Múcio ainda destacou que a região beneficiada por esta obra tem muitos condomínios e que a via faz uma importante ligação entre Natal e Parnamirim, integrando um corredor que facilita o acesso à Zona Leste da capital potiguar por meio de um contorno por Cidade Verde e utilizando a Via Costeira. O trecho completo restaurado tem 4,8 km.

CONCLUÍDAS

Outras três vias já foram concluídas: a RN-063, no trecho de 30,8 km que vai de Tabatinga a BR-101, passando por Nísia Floresta; os 23 km da RN-093, que parte de Tangará, passa por São José de Campestre e termina no entroncamento RN-003 (Gancho); e 4,7 km ligando Serra Negra do Norte à divisa do estado com a Paraíba. Todos estes trechos tiveram a parte asfáltica concluída e aguardam apenas o tempo de secagem para que seja realizada a finalização.

“Agora, nós estamos trabalhando com todo vapor para concluir outros 12 km da RN-093, que vão do entroncamento da RN-203 a Rui Barbosa, passando por Barcelona”, afirmou Múcio.

 



Câmara dos deputados desfigura pacote anticorrupção e retira 6 propostas do MPF

Depois de mais de sete horas de sessão, os deputados desfiguraram o pacote que reúne um conjunto de medidas de combate à corrupção propostas pelo Ministério Público Federal e avalizadas por mais de 2 milhões de assinaturas de cidadãos encaminhadas ao Congresso Nacional. O texto foi aprovado pela Câmara na madrugada desta terça-feira (30). Com a aprovação, o projeto segue agora para análise do Senado.

Ao longo da madrugada, os deputados desfiguraram o projeto e aprovaram diversas modificações ao texto que saiu da comissão especial. Diversas propostas foram rejeitadas e outros temas polêmicos foram incluídos. Das dez medidas originais, apenas quatro passaram, sendo que parcialmente.

O texto original do pacote anticorrupção tinha dez medidas e foi apresentado pelo Ministério Público Federal . Na comissão especial que analisou o tema, uma parte das sugestões dos procuradores da República foi desmembrada e outras, incorporadas no parecer do relator Onyx Lorenzoni (DEM-RS). As discussões foram acompanhadas pelo Ministério Público, que deu o seu aval ao texto construído.

Segundo o relator, do texto original, só permaneceram as medidas de transparência a serem adotadas por tribunais, a criminalização do caixa dois, o agravamento de penas para corrupção e a limitação do uso de recursos com o fim de atrasar processos.

Veja as propostas retiradas pelos deputados:

- Acordos de leniência
Os deputados rejeitaram a proposta que previa que os acordos de leniência (espécie de delação premiada em que empresas reconhecem crimes em troca de redução de punição) fossem celebrados pelo Ministério Público.

- Enriquecimento ilícito de funcionários públicos
Outro trecho retirado tornava crime o enriquecimento ilícito de funcionários públicos e previa o confisco dos bens relacionados ao crime.

- ‘Reportante do bem’
Um dos itens mais caros ao relator que ficaram de fora previa a criação da figura do “reportante do bem” para incentivar o cidadão a denunciar crimes de corrupção em qualquer órgão, público ou não. Como estímulo, o texto dele previa o pagamento de recompensa em dinheiro para quem fizesse isso.

- Prescrição de penas
Também foram derrubadas as mudanças para dificultar a ocorrência da prescrição de penas, que é quando o processo não pode seguir adiante porque a Justiça não conseguiu conclui-lo em tempo hábil.

- ‘Confisco alargado’
Com o objetivo de recuperar o lucro do crime, o texto previa o chamado “confisco alargado”, em casos como o de crime organizado e corrupção para que o criminoso não tivesse mais acesso ao produto do crime para que não continuasse a delinquir e também para que não usufruísse do produto do crime. Esta proposta, porém, foi rejeitada.

- Acordos entre defesa e acusação
Outro ponto que não passou foi o que permitia a realização de acordos entre defesa e acusação no caso de crimes menos graves, com uma definição de pena a ser homologada pela Justiça. O objetivo era tentar simplificar os processos.

- Responsabilização de partidos
O plenário rejeitou pontos do relatório que previam a responsabilização dos partidos políticos e a suspensão do registro da legenda por crime grave.

‘Sede de vingança’
Após a sessão, o deputado Onyx Lorenzoni lamentou o resultado e disse que os parlamentares agiram movidos “por sede de vingança” contra o Ministério Público e o Judiciário. Para ele, houve uma “desconfiguração completa do relatório”.

“O parecer não era meu, era da sociedade brasileira que tinha depositado as suas esperanças na Câmara dos Deputados. Lamentavelmente, o que a gente viu aqui foi uma desconfiguração completa do relatório, ficando de pé, objetivamente, apenas as medidas de estatísticas e a criminalização do caixa dois. E trouxeram essa famigerada situação de ameaça, de cala-boca, de agressão ao trabalho dos investigadores brasileiros. Creio que a Câmara perdeu a chance de prestar um serviço ao Brasil. E, movidos por uma sede de vingança contra o MP e contra o Judiciário, acho que começaram uma crise institucional que deve se agravr nos próximos meses”, disse Lorenzoni.

Na saída do plenário, ao ser questionado por jornalistas sobre a votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), limitou-se a dizer que a votação foi o “resultado democrático do plenário”.

Abuso de responsabilidade
Além de retirarem diversas propostas, os deputados incluíram no projeto a proposta de punição de juízes e membros do Ministério Público por abuso de responsabilidade. Essa previsão havia sido incluída pelo relator do texto, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), mas retirada pelo próprio relator posteriormente.

A emenda foi apresentada pela bancada do PDT e lista as situações em que juízes e promotores poderão ser processados, com pena de seis meses a dois anos de reclusão. A legislação atual já prevê o crime de abuso de autoridade, mas é mais genérica.

Entre as condutas que passariam a ser crime estariam a atuação dos magistrados com motivação político-partidária e a apresentação pelo MP de ação de improbidade administrativa contra agente público “de maneira temerária”. Nesse caso, além de prisão, os promotores também estariam sujeitos a indenizar o denunciado por danos materiais e morais ou à imagem que tiver provocado.

Veja abaixo alguns dos pontos do pacote aprovado pela Câmara:

- Responsabilização dos partidos políticos e tipificação do caixa dois eleitoral
Os candidatos que receberem ou usarem doações que não tiverem sido declaradas à Justiça eleitoral irão responder pelo crime de caixa dois, com pena de dois a cinco anos de prisão. O texto prevê multas para os partidos políticos.

Se os recursos forem provenientes de fontes vedadas pela legislação eleitoral ou partidária, a pena é aumentada de um terço.

- Abuso de responsabilidade a juízes e integrantes do Ministério Público
Entre as condutas que passariam a ser crime estariam a atuação dos magistrados com motivação político-partidária e a apresentação pelo MP de ação de improbidade administrativa contra agente público “de maneira temerária”. Nesse caso, além de prisão, os promotores também estariam sujeitos a indenizar o denunciado por danos materiais e morais ou à imagem que tiver provocado.

A pena prevista no texto aprovado é de seis meses a dois anos de reclusão.

- Prevenção à corrupção, transparência
Os tribunais terão que divulgar informações sobre o tempo de tramitação de processos com o propósito de agilizar os procedimentos.

- Aumento das penas e inserção de tipos na Lei de Crimes Hediondos
Eleva a pena para diversos crimes, incluindo estelionato, corrupção passiva e corrupção ativa. Esses delitos serão considerados hediondos quando a vantagem ou prejuízo para a administração pública for igual ou superior a dez mil salários mínimos vigentes à época do fato.

- Ações populares
Reforça as regras para a apresentação de ações populares, que já está prevista na legislação brasileira. O texto especifica que, se a ação for julgada procedente, o autor da ação terá direito a retribuição de 10% a 20% a ser paga pelo réu.

- Recursos
Estabelece regras para limitar o uso de recursos com o fim de atrasar processos.

Do G1


Avião que estava com delegação Chapecoense se chocou em morro de 200 m

Um dos bombeiros que participaram do resgate ao avião que caiu com a delegação da Chapecoense perto de Medellín, na Colômbia, relatou o cenário de destroços que encontrou ao chegar, ainda durante a madrugada, para fazer o trabalho de resgate e de busca a sobreviventes. Misael Cadavid, do Corpo de Bombeiros da cidade de Itaqüi, contou ao jornal “El Tiempo”, da Colômbia, que o avião caiu numa área de montanhas, o que dificultou o resgate.

A forte neblina e a chuva durante a madrugada, que podem ter contribuído para o acidente, também atrapalharam o trabalho de resgate. Cadavid contou que os bombeiros caminharam por cerca de meia hora para conseguir chegar ao local onde o avião caiu. Ele estava na primeira equipe de socorristas que chegou ao local, duas horas após a queda.

No acidente morreram mais de 70 pessoas, entre jogadores, dirigentes, integrantes de comissão técnico, tripulantes e jornalistas. Há seis sobreviventes, internados em hospital colombiano.

Segundo Cadavid, o avião ficou totalmente desintegrado, com a fuselagem espalhada por uma área de cerca de 100 metros de diâmetro.

– Realmente as possibilidades de sobreviver são difíceis. Permanecemos duas horas e meia nas manobras de busca, e depois parte da equipe de busca permaneceu no local. Tivemos de caminhar quase meia hora em meio a um terreno agreste, com uma subida de quase 80 graus, para depois fazer uma descida de 500 metros – afirmou Cadavid ao jornal “El Tiempo”.

Ele deu detalhes da área onde o avião caiu:

– O avião impactou contra um morro de quase 200 metros de altura. Uma parte do avião ficou num terreno instável, o que dificultou os trabalhos – concluiu.

O Globo


Assembleia do RN presta homenagem a vítimas de tragédia com avião da Chapecoense

Crédito da Foto: Eduardo Maia
Deputados fazem um minuto de silêncio antes da sessão ordinária desta terça-feira

O país está em luto pela tragédia que vitimou o time da Chapecoense, jornalistas e civis na manhã desta terça-feira (29), na Bolívia. A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte prestou homenagem às vítimas. Antes da sessão ordinária desta terça, os deputados fizeram um minuto de silêncio e o presidente da Casa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), abriu os trabalhos se solidarizando com as famílias que perderam seus parentes no acidente, em especial aos três jogadores que têm ligação direta com o Estado.

“Iniciamos esta sessão lamentando o triste ocorrido que chocou o Brasil e o mundo e nos solidarizando com os familiares dos jogadores da equipe Chapecoense, equipe técnica, com os jornalistas e tripulação que foram vítimas desta tragédia”, disse o presidente.

Ezequiel Ferreira citou os jogadores que tiveram uma relação mais próxima com o Estado, como o ex-atacante do Baraúnas, Bruno Rangel, de 34 anos; o ex-jogador do América de Natal, Artur Maia e o potiguar Gil, de 29 anos, natural de Santo Antônio. “Aos sobreviventes que estão sendo atendidos, concentramos nossas preces para que se recuperem física e emocionalmente”, finalizou o presidente.


Camarote Skol tem dobradinha com valor especial para sexta e sábado de Carnatal

A poucos dias do Carnatal, o Camarote Skol tem uma novidade imperdível para os foliões que ainda não compraram o seu abadá e não querem perder a festa no espaço mais exclusivo da avenida. Com a dobradinha especial, a sexta e sábado sai de R$ 560 por apenas R$ 490,00. Uma ótima oportunidade de curtir os dias seguidos com a animação do DJ Ely Yabu, a banda Dube, a dupla Oito7nove4, os baianos da banda Eva, o projeto Sax In The House e a dupla Pedro e Benicio

Os últimos abadás do Camarote Skol estão sendo vendidos na Central do Carnatal, no Natal Shopping. Informações: 3026-3232 e www.carnatal.com.br. Além das grandes atrações, um dos grandes destaques do Camarote Skol é o Open Bar de cerveja Skol, Skol Beats Spirit, Skol Beats Secret, Skol Beats Senses, vodka, whisky, refrigerante e água mineral, além de praça de alimentação, visão panorâmica da passagem dos trios e super vista frontal para a entrada dos blocos no Corredor da Folia. O Camarote Skol tem o patrocínio da Companhia Marítima e da vodka Ketel One.

A entrega dos abadás começa nesta quarta-feira, dia 30 de novembro, no Natal Shopping, em frente ao Café no Ponto, das 10h às 20h, de 30 de novembro até 03 de dezembro. Uma parceria com a Companhia Marítima vai presentear, por dia, as 100 primeiras mulheres que retirarem o abadá com uma reforma no acessório. Serão, ao todo, 400 contempladas com a reforma. Já os foliões que compraram o Camarote Skol pela internet, através do Ingresso Rápido, deverão retirar o abadá no Centro de Convenções, de quarta a sexta, das 9h às 19h, e no sábado, das 9h às 17h. No domingo, a entrega será realizada na bilheteria do evento a partir das 11h.

Camarote Skol 2016:
Quinta (Léo Santana e Pedro Luccas)
Sexta (Oito7nove4, DJ Ely Yabu e Banda Dubê)
Sábado (Banda Eva, Sax in the House e Pedro e Benício)
Domingo (Bell Marques e banda Algafarra)
Vendas: Central do Carnatal, Natal Shopping
Informações: (84) 3026-3232 e www.carnatal.com.br.
Formas de Pagamento: Em até 10x sem juros no cartão HiperCard, ou em até 8x sem juros no Visa e Master.


Sistema de videomonitoramento do CIOSP é normalizado

Todo o serviço de videomonitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) foi normalizado na manhã desta terça-feira (29).

Na tarde de ontem (28) houve a suspensão temporária do serviço em função da não renovação do contrato com a empresa responsável.

Nesta manhã, representantes da Sesed, Detran (responsável pelo contrato) e da empresa estiveram reunidos para ajustes no processo de contratação e todo o sistema foi normalizado.

Em dezembro, um novo processo licitatório deverá ser realizado para escolha da empresa que ficará responsável pela manutenção deste serviço em 2017.


Inicia nesta quarta a entrega de abadás do Carnatal 2016 no Centro de Convenções de Natal

Inicia nesta quarta-feira (30), a entrega de abadás no Centro de Convenções de Natal, localizado na Via Costeira. A entrega no Centro de Convenções segue até o dia 3 de dezembro, sempre das 9h às 19h, exceto no sábado (3), que será das 9h às 17h. Para realizar a troca dos abadás, os foliões que compraram na Central do Carnatal, deverão levar seu Vale-abadá e documento oficial com foto. Em caso de troca por terceiros, será necessário levar uma procuração autenticada em cartório e a cópia de um documento oficial com foto do titular da compra.

Os foliões que compraram no site Ingresso Rápido deverão levar para a troca dos abadás o voucher de compra no site impresso e documento oficial com foto. Em caso de troca para terceiros será necessário a apresentação de uma procuração autenticada em cartório e a cópia de um documento oficial com foto do titular da compra.

Especialmente no domingo (4), a entrega dos abadás acontece exclusivamente na bilheteria do Arena das Dunas (localizada na Av. Lima e Silva), a partir das 11h. que será das 9h às 17h. No domingo (4) a entrega acontecerá

 

Deixe seu comentário

Tags:

Avião com equipe da Chapecoense cai na Colômbia e deixa 76 mortos

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29), informam autoridades colombianas. Segundo autoridades colombianas, há 76 mortos e cinco sobreviventes. O avião da LaMia, matrícula CP2933, decolou de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com 81 pessoas a bordo: 72 passageiros e 9 tripulantes.
Segundo informações do Bom Dia Brasil, o diretor de um hospital envolvido no socorro disse que apenas cinco pessos sobreviveram ao acidente: os jogadores Alan Ruschel, Danilo e Follmann, um jornalista e um comissário. Não há, por enquanto, identificação das vítimas fatais.
O general José Acevedo Ossa, comandante da Polícia Metropolitana do Valle de Aburrá, confirmou a morte de 76 dos 81 passageiros, segundo o jornal El Colombiano, de Medellín.
Segundo a imprensa local, a aeronave com o time catarinense perdeu contato com a torre de controle às 22h15 (local, 1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín.
Os jogadores da equipe de Santa Catarina são os goleiros Danilo e Follmann; os laterais Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo; os zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto; os volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco; os meias Cleber Santana e Arthur Maia; e os atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.

As primeiras informações são que de seis pessoas foram resgatadas e levadas a hospitais na região. O prefeito falou posteriormente em cinco resgatados. Dentre esses sobreviventes estão o lateral Alan Ruschel, que chegou a unidade de saúde consciente, mas em choque, e os goleiros Danilo e Follmann. Um jornalista também foi resgatado com vida. O Corpo de Bombeiros local, por sua vez, falou em 10 pessoas resgatadas.
O Comitê de Operação de Emergência (COE) e a gerência do aeroporto informaram que a aeronave se declarou em emergência por falha técnica às 22h (local) entre as cidades de Ceja e La Unión. Anteriormente, a imprensa colombiana informou possível falta de combustível como causa do acidente. Mas a mídia local informou que o piloto despejou combustível após perceber que o avião iria cair.

Do G1


Preso foge pela porta da frente de presídio Alcaçuz

Um detento considerado de confiança escapou neste sábado (27) pela porta da frente da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior presídio do Rio Grande do Norte. Segundo a Polícia Militar, o preso foi identificado como Marcos Miguel de Couto. Com mais esta fuga, chega a 348 o número de detentos que já conseguiram fugir do sistema prisional potiguar somente este ano. Ano passado foram 212. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, cidade da Grande Natal.

Consta no site do Tribunal de Justiça que Marcos Miguel de Couto é condenado a 33 anos por assaltos e associação criminosa, além de também responder pela morte de uma jovem de 18 anos, homicídio ocorrido dentro de um bar no dia 8 de março de 2015 na Zona Norte de Natal.
A fuga
A fuga foi confirmada pela assessoria de comunicação da Polícia Militar. Segundo o major Eduardo Franco, sabe-se apenas que aconteceu durante o horário de visita. “Neste caso, a guarda externa da unidade, que é feita por policiais militares, está isenta de qualquer responsabilidade, pois o preso tinha autorização da direção para circular livremente dentro e fora da unidade”, ressaltou. “Agora, é preciso que se apure em que circunstâncias ele conseguiu fugir. Temos informações que uma mulher teria ajudado ele a escapar. Isso também deve ser investigado”, acrescentou.
Ainda de acordo com o major, assim que a ausência do preso foi notada, buscas foram feitas pela região, mas o fugitivo não foi encontrado.

 

Do G1


Crossfit Capim Macio é campeã na categoria RX masculino, no Box Prime Games

img_4256

Os campeões foram os guerreiros Leonardo e Mozart, enfrentaram um calor infernal, o sol ardendo, os calos nas mãos, superaram os seus limites e foram campeões da categoria RX masculino, no II Campeonato de Crossfit Box Prime Games, realizado pela Box Prime.
Aos gritos das torcidas cada dupla representando diversos Box’s de Natal, se esforçaram ao máximo.
Foi lindo de se ver!!! Parabéns a Box Prime, pela organização.
E, parabéns para o melhor Box de Crossfit de Natal, Crossfit Capim Macio, que prepara campeões.
Parabéns Leo e Mozart, vocês mostraram para que participaram, para serem CAMPEÕES.


Mais de 900 pessoas são atendidas no Dia C de Combate ao Câncer de Pele no RN

img_4242

Lesões que não doem, feridas que não cicatrizam e necessidade de atendimento. Esses foram os principais relatos dos 916 pacientes que participaram do Dia C de Combate ao Câncer de Pele neste sábado (26) no Hospital da Liga, unidade das Quintas em Natal. A ação voluntária coordenada pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBDRN) resultou em atendimentos como cirurgias (nos casos de câncer), consultas, além de prevenção e orientação de fotoproteção.

“Atendemos pacientes de todo o Rio Grande do Norte, principalmente de regiões rurais e litorâneas com lesões diagnosticadas de câncer de pele. Aqui no Rio Grande do Norte a incidência de raios solares é uma das mais altas do Brasil e por isso a campanha é fundamental para assegurar tratamento do câncer de pele e saúde das pessoas”, destaca o dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia no Rio Grande do Norte (SBDRN), Dr. Leonardo Ribeiro.

Aposentada, Maria Leandro disse que identificou o aparecimento de novas manchas na pele e cabeça e veio para ser consultada pelos especialistas em pele. “Agradeco pelo atendimento e atenção dos médicos que hoje viram todas as minhas manchas e já trataram”, afirma. Aos 67 anos, a aposentada já teve câncer de pele e disse que todos os anos vem ao mutirão para cuidar da saúde.

A equipe de dermatologistas – formada por mais de 40 médicos – conta com apoio do Hospital da Liga, que em parceria com a SBDRN cede a estrutura do Hospital com centros cirúrgicos e consultórios para atendimento a população. “A ação contribui para a diminuição da demanda da rede pública de saúde numa especialidade tão importante que é a dermatologia”, destaca o cirurgião e coordenador do setor de cirurgias da Liga, Dr. Fernando Pinto.


Garota de 15 anos sofre acidente após dizer que quer morrer-nos-emos facebook

Uma adolescente de 15 anos morreu em um acidente de trânsito na noite desta quarta-feira (23) no conjunto Cidade das Rosas, em São Gonçalo do Amarante, cidade da Grande Natal. Duas horas antes, em uma rede social, ela havia postado: “Eu Queria Morrer Man” (SIC). Larissa Beatriz Dionísio de Morais estava com um homem em uma motocicleta quando perderam o controle do veículo e colidiram contra um ônibus.

Segundo a Polícia Militar, ela morreu na hora. Já o homem sofreu ferimentos leves. O G1 tentou falar com a família de Larissa, mas não conseguiu contato.
Na página que Larissa mantinha no Facebook, dezenas de mensagens lamentam a morte da garota. Muitas se referem à postagem que ela fez momentos antes de acontecer o acidente. Uma pessoa escreveu: “Você pediu e #Deus te ouviu !! Não temas pois sabemos que estas ao lado do pai… Que Deus há tenha !!” (SIC).
Um outro postou: “As pessoas não fazem idea do quanto as palavras tem poder… !!!!#descanse_em_paz #eterna_saudades” (SIC).

 

Do G1


Flávio Rocha critica governo federal

Diziam que a nossa empresa havia sido condenada por utilizar trabalho escravo e que uma de nossas colaboradoras era forçada a colocar elástico em 500 calças por hora (uma a cada sete segundos). Um desrespeito a uma das quinze maiores empregadoras do Brasil e à mais elementar aritmética.

A Riachuelo ou qualquer empresa pertencente ao grupo nunca, jamais, foi autuada ou condenada por trabalho escravo. Isso é uma falácia criada seguindo a teoria de Joseph Goebbels, o ministro de propaganda de Adolf Hitler e que em tempos de redes sociais é mais praticada do que nunca.
É preciso diferenciar uma ação trabalhista com base na legislação vigente e uma questão humanitária gravíssima de trabalho escravo. No blog de Leonardo Sakamoto, no UOL, já foi muito bem assinalado quando se comentou uma questão relacionada à um de nossos concorrentes: “Se tudo for trabalho escravo, nada na verdade é”. Nossa empresa, criada há setenta anos por meu pai e que orgulhosamente presido há mais de dez anos, foi escolhida, pelo terceiro ano consecutivo, como uma das melhores empresas para se trabalhar no Brasil.
Para ilustrar, eu cito o exemplo do Processo ARR-1087-78.2014.5.21.0005 movido por uma ex-costureira da empresa. Nele, o Tribunal Superior do Trabalho, em sua Oitava Turma, absolveu a Guararapes Confecções S.A. de pagamento de indenização.

Ela alegava ter desenvolvido tenossinovite dorsal e síndrome do túnel do carpo. Isto em decorrência de suas atividades profissionais. A decisão foi unânime. “A Turma afastou a aplicação ao caso a responsabilidade civil objetiva, que prevê a obrigação de indenizar, independentemente de culpa, quando a atividade, por sua natureza, implicar risco.”
Ainda de acordo com o Tribunal, “a costureira afirmou que o ambiente de trabalho era de intensa pressão, e que isso, somado ao fato de trabalhar em sobrejornada, resultou no surgimento dos problemas. A empresa, de seu lado, negou a relação entre a doença e as atividades realizadas pela costureira, e sustentou que “sempre primou pela melhoria nas condições de trabalho e de seu parque fabril”, apresentando documentos sobre programas de controle de saúde ocupacional, normas internas de segurança e orientações sobre a obrigatoriedade e uso de equipamentos de proteção, manuseio de maquinário, ginástica laboral e isso de calçados”. Por fim, o TST afastou a responsabilidade da empresa e excluiu o pagamento de indenização.
Para finalizar, gostaria de explicar o que significa a expressão usada por mim

“O mito do Estado Robin Hood”.

O Estado Brasileiro, ao invés de realizar um papel de distribuição de renda, tornou-se uma espécie de Robin Hood às avessas.

Um Estado que toma dinheiro de seus cidadãos comuns, através de impostos exorbitantes, com um retorno mínimo, e paga a sua elite de privilegiados do Executivo, Legislativo e Judiciário super salários que pesam aos contribuintes mais de 20 bilhões de reais por ano.

Esse é o nosso Robin Hood atual. E isso precisa acabar. Tem gente que acumula aposentadorias, falseia pensões, coleciona benefícios. Enquanto isso, uma boa parcela da população tem de se contentar com R$ 800 de aposentadoria. Será que a conta não está errada? Será que o Estado brasileiro não precisa rever o seu conceito de casta privilegiada?

 

Conteúdo Estadão


Competição de Crossfit inicia nesta sexta-feira 25, em Natal

Nesta sexta-feira 25, inicia o segundo ano da competição de crossfit realizada pela Box Prime, o Box Prime Games.
Competidores de todas as categorias, dos diversos Box em Natal de crossfit, estarão disputando o primeiro lugar.
Na sexta-feira 25,não será aberto ao público, porque a competição será individual, no sábado e domingo, será no Terreno, em Ponta Negra, entrada franca.
O comando da organização do evento serão dos coachs Fabão e Diogo, da Box Prime.
Pelo Box Crossfit Capim Macio, participarão vários atletas, entre eles os crossfiteiros da CFCPM: Alex, Mozart, Artur, Jarlles, Vitor Pacheco, Gil, Fabi, Raniere, Lucas, Priscilla, Rafaela, Diego, Thiago Galvão, Leozin, Thales, Marquinhos, Pablo Daniel, Vitória, Fabrine, Thiago, Ramon, Artur Santana, Romulo, AJ, Bruno, Moreno, Giordano, Manoel, Allan, Dalysson, Matheus Torquato, Everton França, que estão se preparando arduamente há meses para levar o primeiro lugar. Boa sorte a galera da Crossfit Capim Macio!! E, você que gosta de crossfit, não pode perder, vai ser sucesso!!!


Governo do RN vai abrir novo Restaurante Popular em Mossoró

A quarta unidade do Restaurante Popular em Mossoró será instalada até abril no bairro Santo Antônio. A secretária do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social, Julianne Faria, anunciou nesta quinta-feira (24) que em breve será publicado o edital de licitação.

Em Mossoró já existem três Restaurantes Populares: no Centro, no Alto de São Manuel e no campus central da UERN. Este último inaugurado em março deste ano, serve cerca de 650 refeições diariamente e atendeu ao pedido de estudantes e servidores.

A quarta unidade será instalada no bairro Santo Antônio e vai fornecer cerca de 500 refeições diárias, de segunda-feira a sexta-feira. “Como Santo Antônio é o maior bairro de Mossoró e tem uma parte da população em situação de vulnerabilidade social, o governador Robinson Faria resolveu atender ao antigo anseio da população. A abertura desse Restaurante é um pedido muito antigo dos moradores”, explicou a secretária.

O programa Restaurante Popular tem atualmente 25 unidades distribuídas em 20 municípios, que servem cerca de 20 mil refeições diárias ao preço de R$ 1. Mais seis unidades, além de Mossoró, serão abertas no primeiro semestre do próximo ano.


próxima página