Escolha uma Página

O aniversário de 300 anos de aparição da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a padroeira do Brasil, encontrada por três pescadores nas águas do Rio Paraíba do Sul, foi celebrado na manhã desta segunda-feira (9), em sessão solene na Assembleia Legislativa. A solenidade, proposta pelo deputado Dison Lisboa (PSD), contou com a presença dos deputados Hermano Morais (PMDB) e Márcia Maia (PSB) e reuniu representantes da comunidade que compõem a Paróquia Nossa Senhora da Conceição Aparecida, em Neópolis, e autoridades religiosas do Estado.

“Quanta alegria sinto em conduzir essa singela homenagem. Cada um dos aqui presentes detém uma importante contribuição na promoção do amor a Nossa Senhora. O que faz com que este ato solene e a comemoração do jubileu de aparição da imagem milagrosa de Nossa Senhora Aparecida seja ainda mais tão especial”, destacou o deputado.

Dison Lisboa aproveitou a proximidade com a data de canonização dos 30 mártires de Cunhaú e Uruaçu e chamou atenção para a necessidade de uma estrutura para receber as pessoas que visitarão o estado após essa data tão simbólica para a fé católica. “A partir de agora, romeiros de várias partes do país e do mundo passarão a frequentar nosso estado. E temos que melhorar a estrutura destes locais para melhor receber os fiéis que passarão a nos visitar em busca do alcance de suas graças”, pontuou.

[wp_bannerize group="thalitaads" categories="499,253,115,375,211,335,8,63,244,245,1075,350,3,527,24,1,65,54,572,7,503,78,10" random="1" limit="1"]

O padre Antônio Nunes de Araújo fez um paralelo entre o período quando a imagem foi encontrada – o Brasil do século 18 de forte desigualdade social – e o atual. “Hoje também vivemos tempos difíceis. Passamos por uma forte crise moral, política e econômica. Na apavorante expectativa de grandes acontecimentos. Que Maria seja inspiração para um novo tempo, assim como quando ela veio propor ao jovem Brasil do século 18, uma nova ordem quer permitisse a união do povo de forma fraterna, justa e livre. Onde o valor do homem não seja medido pelas suas posses e bens”, disse. Padre Nunes falou em nome dos 10 homenageados.