Escolha uma Página

A ex-procuradora da Assembleia Legislativa Rita das Mercês, acusada de desviar milhões na Operação “Dama de Espadas” fez um acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal, e em troca recebeu a garantia que não será presa, não devolverá os imóveis e a fortuna roubada, vai ficar livre do processo e devolverá apenas R$700 mil reais.

A ex-procuradora em troca de todos os benefícios denunciou promotores de justiça do RN – MPRN, membros do  TCE-RN, desembargadores do TJRN e novos deputados estaduais que foram beneficiados no esquema de corrupção que desviou milhões da Assembleia Legislativa do RN.

O bom mesmo, é que Rita tenha provas para todas estas acusações porque irá atestar a seboseira, desmoralizar e mostrar a corrupção de todos os poderes públicos do RN. Pior de tudo é ver que as vezes o “crime” compensa, porque desviar milhões e milhões, construir palácios e devolver apenas R$700 mil reais, chega a ser uma vergonha pra justiça. 

[wp_bannerize group="thalitaads" categories="499,253,115,375,211,335,8,63,244,245,1075,350,3,527,24,1,65,54,572,7,503,78,10" random="1" limit="1"]