PF diz que há indícios de caixa 2 – Aécio fez pedido de R$1,8 milhão à Odebrecht | Thalita Moema
Escolha uma Página

De protagonista na disputa pela Presidência da República em 2014 contra Dilma Rousseff, a candidato a uma vaga de Deputado Federal em 2018 para não perder o foro privilegiado. Aécio Neves, senador pelo PSDB de Minas Gerais, responde a nove processos no Supremo Tribunal Federal.

Herança maldita da atual campanha de Antonio Anastasia (PSDB), Aécio Neves (PSDB) fez pedido de R$ 1,8 milhão à Odebrecht em 2010 para a disputa ao governo de Minas do aliado, hoje candidato novamente ao Palácio da Liberdade, segundo informa o Jornal Hoje, da TV Globo.

O dinheiro, segundo o delator Sérgio Luiz Neves, foi repassado integralmente pela construtora aos tucanos por meio de empresa do marqueteiro Paulo Vasconcelos sem prestação de qualquer serviço, entre 2009 e 2010. Aécio e Anastasia negam qualquer ato ilícito.

[wp_bannerize group="thalitaads" categories="499,253,115,375,211,335,8,63,244,245,1075,350,3,527,24,1,65,54,572,7,503,78,10" random="1" limit="1"]

Estadão