MPF aumenta salários de procuradores para R$ 33 mil | Thalita Moema
Escolha uma Página

O Ministério Público Federal fez igual ao STF, e decidiu aumentar em 16,38% o salário dos procuradores da República em todo o país.

Argumentaram que vão cortar despesas como diárias e aquisição de material de consumo.

A decisão de fazer o reajuste salarial dos procuradores no orçamento do ano que vem foi tomada nesta sexta-feira 10, em sessão extraordinária do Conselho Superior do MPF, em Brasília, presidida pela procuradora-geral, Raquel Dodge. O salário de um procurador da República oscila de R$ 28 mil a R$ 33 mil em valores brutos.

[wp_bannerize group="thalitaads" categories="499,253,115,375,211,335,8,63,244,245,1075,350,3,527,24,1,65,54,572,7,503,78,10" random="1" limit="1"]

O mais interessante, é que o MPF e o STF, são órgãos que mais apontam crimes, dizem que o Estado está vivendo crise, tudo se metem e decidem nos governos, se os governos querem contratar alegam crise financeira, ou que estão comprometendo a Lei de Responsabilidade Fiscal, mas um salário abusivo deste não é crime, não ultrapassa nenhum limite fiscal, os auxílios moradia, diárias não são abusos, porém o povo se lascar pra ganhar uma miséria é lindo, normal, nada é feito. Só fico me perguntando, como querem passar credibilidade com atitudes tão mesquinhas que afundam o país. Só em 2017, o MP teve um orçamento de R$ 6 BILHÕES, consomem 0,3% do PIB brasileiro pago com nosso dinheiro. E sabem quanto gastam todos os estados? R$11 BILHÕES. Um órgão movido a altos salários, mordomias, luxo, composto por um segmento totalmente elitizado, às custas do povo. Enquanto isso, vamos em uma secretaria de estado, e vemos um CAOS, pobreza, salas sem cadeiras, faltando material de trabalho, totalmente defasado, com servidores cansados, ganhando uma miséria, sem nenhum incentivo e auxílios. Em 2017, nós pagamos R$287 MILHÕES ao MP, para eles pagarem plano de saúde, auxílios moradia, alimentação, funeral e assistência pré-escolar para os filhos. O prédio luxuoso da Procuradoria Geral custou aos cofres público mais de R$400 milhões, em 2017, uma nova sede do MP no Pará, custou absurdo 23 MILHÕES. O MP tudo pode, e nós que pagamos a contas. Em novembro de 2017, a Procuradoria gastou só no mês de novembro R$570 mil em diárias. Esse é o nosso órgão mais poderoso.