Escolha uma Página

 

A ex-procuradora da ALRN, Rita das Mercês, também denunciou o candidato a governador Fábio Dantas, de participar do esquema criminoso que desviou milhões da ALRN, através de indicação de cargos para a casa legislativa. Além de Fábio, foram denunciados também os ex-deputados Wober Júnior, Gilson Moura, Ruth Ciarlini, Dibson Nasser e Gesane Marinho.

Também foram denunciados os deputados federais Felipe Maia, Walter Alves, Antônio Jácome, Ricardo Motta e como sempre citado em tudo que acontece o ex-deputado Henrique Alves.

[wp_bannerize group="thalitaads" categories="499,253,115,375,211,335,8,63,244,245,1075,350,3,527,24,1,65,54,572,7,503,78,10" random="1" limit="1"]

Os senadores José Agripino Maia, Garibaldi Alves e o ex-senador Paulo Davim, também estariam envolvido de acordo com Rita das Mercês.

Em nota, a Assessoria da Vice-Governadoria emitiu uma nota:

O Vice-governador do Estado Fábio Dantas esclarece que os gabinetes parlamentares são unidades autônomas e, durante o período no qual foi deputado estadual, os servidores indicados por ele cumpriam com as determinações previstas na legislação vigente e pelo Poder Legislativo.

Fábio Dantas afirma ainda que, nesse mesmo período, a ex-procuradora da Casa nunca esteve em seu gabinete parlamentar para declarar sobre o seu funcionamento.

O Vice-Governador se coloca à disposição para prestar os esclarecimentos que se fizerem necessários a quem interessar.

Atenciosamente,

Assessoria do Vice-Governador do Estado do RN.