Escolha uma Página

Deputado Ezequiel Ferreira é candidato à reeleição

  O deputado estadual Ezequiel Ferreira, será candidato a reeleição para uma vaga na ALRN. Forças ocultas repercutem que Ezequiel seria candidato ao senado, mas a informação é falsa. De acordo com uma fonte do blog, Ezequiel Ferreira, estão convicto de sua...

ler mais

Ex-ministro Henrique Alves divulga nota de agradecimento após ser solto de prisão

📸 Vitorino | Folha Press

O ex-ministro Henrique Alves, se pronunciou nas mídias sociais, após ter sido liberado nesta quinta-feira 12, com a decisão do juiz federal Francisco Eduardo Guimarães, que concedeu liberdade provisória.

Confira a nota de agradecimento:

Hora de agradecer

Vivi 328 dias de privação absoluta. Lutei por meus direitos na forma da Lei. E enfrentei com as graças de Deus, de Nossa Senhora e de seu Filho, Jesus. Superei, venci. Inteiro entrei. Sofrido, inteiro saí. Agora, a liberdade!

Agradecer ao MP que aquiesceu, ao Judiciário que concedeu. A minha família que sempre acreditou e que, ao meu lado, sofreu. Muito! A minha mulher Laurita, a meus filhos Andressa, Eduardo, Pedro Henrique. Também a Anita e Antônio. Aos meus irmãos, e “meu irmão” Garibaldi. Tanta força e solidariedade.

Agora, a emoção indescritível!

Agradecer a milhares de pessoas, conhecidas, desconhecidas, próximas, distantes, “o bacurau de sempre”, pelas orações e torcida. Aos policiais da Academia Militar; do Comandante aos mais humildes, o respeito devido.

Aos meus competentes e incansáveis advogados Marcelo Leal, Esequias Cortez, Erick Pereira e Alexandre Pereira.

Esperei passar esses dias. Emoção intensa.

Agora, agradecer. É o início do caminhar para a vitória final, da Justiça plena.

A todos, um até breve. Logo estaremos juntos, nos sonhos e na esperança! A luta continua!

Henrique Eduardo Alves

 

Flávio Rocha desiste de ser candidato à presidente do Brasil

O empresário Flávio Rocha, anunciou a retirada de sua pré-candidatura à Presidência pelo Partido Republicano Brasileiro (PRB), no fim da tarde desta sexta-feira 13.

O partido informou que a decisão foi tomada em conjunto entre o presidente nacional da sigla, o ex-ministro Marcos Pereira, e a bancada republicana no Congresso.  

Veja a íntegra do comunicado:

“O PRB (Partido Republicano Brasileiro) vem a público informar a retirada da pré-candidatura do empresário Flávio Rocha a presidente da República.

A decisão foi tomada em conjunto entre o presidente nacional do partido, ex-ministro Marcos Pereira, Rocha e a bancada republicana no Congresso.

Há um entendimento claro de que o País não pode flertar com os extremos e, por isso, mais do que nunca durante todo o processo, é fundamental que as forças de centro se unam num único projeto. Ao deixar a pré-candidatura, o PRB e Flávio Rocha abrem espaço para o diálogo firme em busca de construir a proposta mais equilibrada para o Brasil. O país não pode errar.

A partir de agora, os republicanos estarão integralmente debruçados em liderar esse processo e fazer valer a vontade da maioria dos brasileiros, que é o equilibro econômico, a retomada do crescimento e o reencontro com o emprego”.

Instagram fica fora do ar

Desde às 15:30hs desta sexta-feira 13, quem tentou acessar o Instagram não conseguiu.  Não é possível acessar a rede social pelo navegador nem pelo aplicativo, tanto iOS quanto Mac, até agora o Facebook não se pronunciou sobre a queda da plataforma.

Juiz federal concede liberdade ao ex-ministro Henrique Alves

📸 Pedro Vitorino

O juiz federal Francisco Eduardo Guimarães, da 14ª Vara Federal de Natal, concedeu liberdade ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves, na noite desta quinta-feira 12. A Justiça já havia concedido liberdade a Alves no processo da operação Sépsis, desdobramento da Lava Jato, mas ainda estava em prisão domiciliar.

O ex-deputado estava em prisão domiciliar em razão da decisão da Justiça do Rio Grande do Norte, relacionada a operação Manus – que apura o desvio de recursos na construção da Arena das Dunas, em Natal. 

Na última segunda-feira (9), o ex-deputado e ex-ministro prestou depoimento no processo da Manus e negou à Justiça Federal todas as acusações que foram feitas contra ele.

Justiça condena Flávio Rocha a pagar R$150 mil a procuradora do trabalho

Mousinho e outros nove procuradores do Ministério Público do Trabalho haviam apresentado uma ação contra a empresa de Rocha, a Guararapes Confecções, controladora das lojas Riachuelo, reclamando direitos trabalhistas de empregados de firmas terceirizadas. A ação gerou críticas de políticos do Rio Grande do Norte e empresários.

Entre eles, Rocha, que chegou a pedir que a procuradora parasse de “perseguir quem trabalha” e que “ajudasse o trabalhador”. O empresário também sugeriu que a procuradora fosse afastada. “Tirem a doutora Mousinho da nossa vida e nós vamos transformar o RN”, escreveu.

Em sua decisão, publicada na quarta (11), o juiz considerou Rocha culpado apenas pelo crime de injúria, ao ter qualificado a procuradora como “perseguidora”. “Expressão pejorativa, depreciativa, que atribui à pessoa a condição de opressora contumaz e seria ofensiva à honra”, observou.

O magistrado ainda ressaltou que as mensagens de Rocha, agora, têm grande amplitude, tendo em vista sua pré-candidatura. “[Ela] potencializa ainda mais o alcance das ofensas. Prova disso é que a questão foi, inclusive, objeto de pergunta formulada em entrevista por ele concedida em rede de televisão nacional”, disse em referência ao programa “Canal Livre”, do qual participou em abril.

Em nota, a defesa de Rocha afirma que irá recorrer da decisão junto ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região.

O advogado Marcellus Ferreira Pinto, do Nelson Wilians e Advogados Associados, afirma que o empresário “já foi absolvido das principais acusações feitas pela autora, tendo a decisão se limitado a fixar indenização e multa. A sentença em nada interfere em sua pré-candidatura. A defesa reitera que segue confiante na Justiça”.

UOL

Criminosos arrombam agência do Banco do Brasil em Natal

Na madrugada desta sexta-feira 13, criminosos arrombaram a agência do Banco do Brasil da avenida Prudente de Morais, no bairro de Lagoa Seca, em Natal.

A ação foi identificada pelo corpo de Bombeiros, que relatou que os criminosos estavam em um carro HB20 roubado, danificaram um caixa eletrônico mas não levaram nada.

Juiz do Distrito Federal absolve Lula, André Esteves e mais cinco em processo sobre obstrução de Justiça

O juiz da 10ª Vara da Justiça Federal em Brasília, Ricardo Leite, absolveu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros seis réus no processo em que o ex-presidente era acusado de crime de obstrução de Justiça.

Esse foi o primeiro caso em que o ex-presidente se tornou réu na Lava Jato. Também é a primeira absolvição nos processos aos quais Lula responde.

Em nota, o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, disse que o juiz agiu de maneira imparcial ao descartar a acusação com base somente em delação premiada. Disse ainda que o mesmo entendimento deveria ser usado no caso do triplex do Guarujá, em que o ex-presidente foi condenado (veja a íntegra da nota ao final desta reportagem).

A acusação da qual Lula foi absolvido era a de que tinha atrapalhado as investigações da Lava Jato, ao supostamente se envolver em uma tentativa de comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, um dos delatores da Operação Lava Jato.

Os absolvidos

  • Luiz Inácio Lula da Silva, ex presidente
  • Delcídio do Amaral, ex-senador
  • Delcídio Diogo Ferreira, ex-chefe de gabinete
  • André Esteves, banqueiro, ex-executivo do BTG Pactual
  • Édson Ribeiro, advogado
  • José Carlos Bumlai, pecuarista
  • Maurício Bumlai, filho de José Carlos Bumlai

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal, Bernardo Cerveró , filho de Cerveró, fez uma gravação em que o ex-senador Delcídio do Amaral prometia ajuda financeira de R$ 50 mil mensais para a família do ex-executivo da Petrobras Cerveró e honorários de R$ 4 milhões para o advogado Édson Ribeiro, que, até então, comandava a defesa.

G1

TCE determina exoneração de 1.123 cargos comissionados da ALRN

 O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) determinou que a Assembleia Legislativa do RN (ALRN) realize em 120 dias o redimensionamento do quadro de pessoal e exonere os ocupantes de 1.123 cargos comissionados que excedam a quantidade de cargos efetivos. A ALRN terá de atingir uma proporção na qual o número de efetivos seja maior que o de comissionados.

Segundo o voto do relator, conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, apresentado em sessão extraordinária do Pleno realizada nesta quarta-feira (11) e acatado pelos demais conselheiros, a Assembleia Legislativa terá de cumprir 20 medidas cautelares para adequar a gestão de seu quadro funcional e despesas com pessoal aos princípios de legalidade, legitimidade e economicidade.

A Assembleia Legislativa do RN possui hoje 1.667 servidores comissionados e 544 efetivos, o que implica em 75,4% de comissionados e 24,6% de efetivos. De acordo com os termos do voto, há jurisprudência fixada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para que “a proporção de cargos efetivos, providos por meio de concurso público, que é a regra de ingresso no serviço público” seja “superior à de cargos de provimento em comissão, o que evidentemente não tem sido observado na Assembleia Legislativa potiguar”.

 

Prefeito de Caicó declara apoio à candidatura de Carlos Eduardo

O prefeito de Caicó, Batata (PSDB), anunciou na manhã desta terça-feira 10, seu apoio à candidatura de Carlos Eduardo, ao Governo do RN.

O presidente do PSDB, Ezequiel Ferreira, já anunciou que o partido vai apoiar a candidatura de reeleição do governador Robinson Faria, e o prefeito Batata, vai contra a decisão do partido.

 

Equipes retiram as 12 crianças e seu treinador de caverna da Tailândia

Os doze meninos e seu treinador, que ficaram presos na caverna inundada de Tham Luang, no norte da Tailândia, estão a salvo. Quatro saíram no domingo, quatro ontem e três foram retirados nesta terça-feira, junto com o técnico, no terceiro dia dos trabalhos. De acordo com fontes oficiais, as crianças passam bem.

📸El País

Publicidade

IMG_7250
IMG_4333

Arquivo

julho 2018
D S T Q Q S S
« jun    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Categorias

Facebook