Thalita Moema | www.thalitamoema.com.br
Escolha uma Página

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Nenhum resultado encontrado

A página que você solicitou não foi encontrada. Tente refinar sua pesquisa, ou use a navegação acima para localizar a postagem.

Vixe – Pesquisa eleitoral contratada pela InterTV, inclui perguntas sobre audiência de telejornal

Deu no blog de Thaísa Galvao:

Os 812 entrevistados – apenas – da pesquisa do Ibope que será divulgada sexta-feira, além de questionados sobre candidatos ao Governo e ao Senado, foram ouvidos também sobre o RNTV 1ª edição, da InterTV Cabugi.

Deixando a impressão de que permanece a insegurança em torno do telejornal do meio dia, sempre ameaçado pela concorrência.

Na carona da pesquisa eleitoral, num 2 em um, essa é apenas uma das várias perguntas:

A pesquisa que seria eleitoral, acabou montando um pacote incluindo ‘audiência’.

Do blog: A InterTV é do ex-deputado Henrique Alves e também não especificou os locais onde as pessoas foram entrevistadas. Tenso

Debate entre candidatos ao governo do RN acontece nesta quinta-feira 16, na BAND

A Band exibe nesta quinta, 16, às 22h mais um debate para as eleições de 2018. Desta vez com os candidatos para Governador do RN

O primeiro debate entre presidenciáveis realizado na última quinta, 09, pela Band alcançou 8 pontos no Ibope, com média de 6,2 e foi um grande sucesso de audiência.

Após ser a primeira a exibir um debate presidencial em 2018, a emissora também será a primeira a exibir os debates estaduais. O objetivo é esclarecer e levar informação para os eleitores, visando as votações, que acontecerão em outubro.

Kelps Lima recorre da decisão do juiz eleitoral que negou o pedido para retirar do ar matéria que mostra recebimento de verba do PMDB e de empresas ligadas à ODEBRECHT ao deputado

Após o juiz eleitoral Dr. Almiro Lemos, indeferir o pedido da liminar de Kelps Lima, para retirar do ar a matéria que mostra as comprovações do recebimento das doações do PMDB, de Henrique Alves e das empresas envolvidas na Lava-Jato, o deputado recorreu para o plenário do Tribunal Regional Eleitoral do RN.

Além de pedir para retirar a matéria do ar, solicitou que em caso de descumprimento a blogueira que vos escreve, pagasse uma multa diária de R$5 MIL REAIS POR DIA, podendo assim me processar por calúnia, difamação e injúria.

O deputado @kelpslima quer que este BLOG RETIRE DO AR, uma MATÉRIA, que estão TODOS OS COMPROVANTES DO TSE e do MPF, que mostrou o nome dele na relação dos que foram beneficiados com a doação. Quem prestou contas ao TSE, foi o PRÓPRIO DEPUTADO, as informações estão no site com os links, não foi esta blogueira que inventou, criou ou muito menos difamou ninguém. O deputado tem que questionar o MPF que citou o nome dele como beneficiário e o TSE, que divulgou as informações. Pra quem grava vídeo com celular na mão falando mal de todos os candidatos, deveria aguentar uma matéria VERDADEIRA, sem nenhuma mentira, calúnia, acusação e muito menos difamação. Mais uma tentativa de calar a imprensa, para que a sociedade não saiba do excelente trabalho que a Justiça tem feito no país. Agora vamos aguardar a decisão do plenário do TRE-RN, que não tenho dúvidas que será justa e totalmente idônea para mostrar a sociedade. Jamais difamaria a honra de ninguém, mas meu dever é mostrar e orientar os cidadãos que andam tão desacreditados com os políticos brasileiros. Sigamos em frente, acreditando que a Justiça Eleitoral mais uma vez fará mais uma vez seu papel de garantir o direito que possamos informar e não sermos censurado. Passe para o lado e veja as imagens da prestação de contas do próprio deputado ao TSE que mostra a doação de dinheiro do PMDB, para o SD e da lista divulgada pelo MPF, com o nome de Kelps relacionado ao recebimento de R$100 mil da JBS, empresa envolvida na Lava-Jato. O espaço do blog continua aberto para o deputado ter seu direito de resposta.

Deputado José Dias diz que é absurda a influência política dentro do TCE e critica trabalho obscuro de Acórdão para impedir verbas para o RN

Acusado de receber R$10 milhões em propina da ODEBRECHT, através de caixa 2, Alckmin depõe nesta quarta-feira 15

Foto Estadão

O candidato à Presidência da República do PSDB, o ex-governador Geraldo Alckmin, senta nesta quarta-feira, 15, na cadeira da 9ª Promotoria do Patrimônio Público e Social do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) para prestar depoimento em um inquérito civil em que é investigado sobre repasse de R$ 10,3 milhões da Odebrecht via caixa 2 para suas campanhas de 2010 e 2014.

“Vou (ao depoimento), claro. É dever de quem está na vida pública e transparência total”, disse o tucano na terça-feira, 14.

O inquérito civil em São Paulo foi instaurado no dia 20 de abril pelo promotor Ricardo Manuel Castro. Além de Alckmin, são alvos da investigação Adhemar César Ribeiro, cunhado do tucano, e o ex-secretário e ex-tesoureiro da campanha alckmista de 2014 Marcos Monteiro.

Os executivos da Odebrecht e o cunhado do tucano já prestaram depoimento nas últimas duas semanas no inquérito instaurado pelo MP-SP. O cunhado do ex-governador negou ter recebido dinheiro para campanhas políticas do tucano.

A investigação tem origem nas acusações de três delatores da Odebrecht. Benedicto Barbosa Junior, Carlos Armando Paschoal e Arnaldo Cumplido afirmaram em seus acordos firmados com a Procuradoria-geral da República (PGR) terem autorizado repasses de recursos a Alckmin a título de “contribuição eleitoral” nas campanhas de 2010, quando o tucano foi eleito governador pela terceira vez, e 2014, quando foi reeleito.

Em abril, o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, chegou a avocar, a pedido de Alckmin, o inquérito das mãos do promotor Ricardo Manuel Castro para “avaliar” se a competência de investigar o ex-governador não era exclusiva do chefe do Ministério Público.

Conteúdo Estadão

“Não pretendo morrer, nem renunciar”, diz Lula em carta que será lida durante registro de candidatura em Brasília

Nesta quarta-feira 15, o PT, vai registrar a candidatura de Lula a presidente do Brasil, às 16h, no TSE em Brasília. Milhares de pessoas já estão reunidas no local, o MST, não concordou com a troca do nome de Lula por Haddad e disseram que não iam permitir que o ex-presidente não fosse candidato. Durante o ato, Haddad, fará leitura de carta do Lula, que diz que não pretende morrer é muito menos renunciar. Na carta, Lula diz que não quer favores da Justiça Eleitoral; “quero apenas os direitos que vêm sendo reconhecidos pelos tribunais há anos em favor de centenas de outros candidatos”; o ex-presidente diz que é vítima de uma caçada judicial e que só a morte, a renúncia ou um ato do TSE pode rifá-lo; “não pretendo morrer nem cogito renunciar. Vou brigar até o final". No ato do TSE, participarão Gleisi Hoffman, Fernando Haddad, Manuela D’Avilla, a candidata ao governo do RN Fátima Bezerra e outras lideranças políticas. Caso o TSE defira a candidatura de Lula a presidência, Manuela D’Avila continua vice, caso indefira, Haddad sai pra presidente, e no caso do TSE proibir o PT substituir o candidato a presidente após o registro, Manuela D’Avilla sai pra presidente. Em Natal, o ato inicia as 16h, em frente ao Shopping Midway. www.thalitamoema.com.br

A post shared by Blog Thalita Moema (@thalitamoemablog) on

Trompetista reúne multidão tocando no Shopping Barra, em Salvador, cantando música do ex-presidente Lula

Justiça Eleitoral nega pedido de liminar de Kelps Lima para retirar do ar nota postada pelo Blog Thalita Moema, que mostrava deputado recebendo verba do PMDB, de empresas da Lava Jato

Em primeiro lugar quero agradecer a DEUS e a JUSTIÇA ELEITORAL DO RN, por ser tão justa e honesta em suas decisões, em segundo lugar dizer ao deputado @kelpslima que é muito feio tentar censurar a imprensa e proibir que façamos nosso papel de informar e comunicar a sociedade sobre VERDADES. Em nenhum momento postei nenhuma mentira neste blog, antes de postar qualquer coisa verifico e confirmo com os MEUS ADVOGADOS, não entro no mérito da vida íntima e pessoal de ninguém. A primeira vez o deputado havia mandado um interlocutor pedir pra retirar a matéria do meu blog e pedir desculpas publicamente, se não ia me processar e pedir uma fortuna de indenização, me processou, solicitou uma liminar pra retirar todo o conteúdo e pediu uma multa de R$5 mil caso desobedecesse a decisão judicial, ainda ameaçou de processar por calúnia, difamação e injúria como mostra no processo. Graças a DEUS A JUSTIÇA DA TERRA FEZ VALER. Obrigada Kelps, isso é sinal que estou no caminho certo. Afinal de contas, qual candidato pediria pra retirar uma matéria se não se sentisse ofendido ou envergonhado pelos seus atos passados que mancham sua imagem hoje?Não disse que você era bandido, ladrão, apenas que RECEBEU VERBA DO PMDB, do ex-presidiário HENRIQUE ALVES, para seu partido, que VOCÊ preside, todos com comprovações expostas no seu registro eleitoral como consta no meu site é no TSE. E as acusações de você receber através da ODEBRECHT, empresa envolvida na Lava Jato, foi do MPF, você precisa questionar com eles e não comigo. Sou apenas uma interlocutora da sociedade que faz valer a verdade, SEMPRE. Jamais levantei nenhum falso contra ninguém e meu caráter não permitiria acabar com a honra das pessoas, logo eu que sou tão falha. Ainda teve a coragem de pedir R$5 mil por multa diária. E, não se preocupe porque se tiver mais coisas vou postar mais, porém jamais vou atacar sua honra, denigrir sua imagem ou inventar mentiras e jogar baixo. Isso é apenas política. Obrigada pela perseguição e o bom de tudo isso sabe o que é ? O povo está vendo quem é você através de suas tentativas descabidas de CALAR A IMPRENSA.

Obrigada Senhor, é extraordinário te servir, porque tu me honras todos os dias! ❤️

Confira a matéria aqui https://goo.gl/qieZMp

Locutor e coordenador da campanha de Carlos Eduardo é preso

Hoje foi um dia de “cão” pra o candidato ao governo Carlos Eduardo, parece até perseguição, mas não é … foi um dia difícil mesmo!!! Todo o PDT de Mossoró o abandonou, o locutor dos comícios e convenções foi preso e pra piorar ainda mais a situação, Batata que é prefeito de Caicó, quer dizer, era… Também era coordenador da sua campanha no Seridó. Quando se pergunta aos moradores de Caicó se eles votaram em Batata, todo mundo finge que nem o conhece. A situação só piora, passou de Operação Cidade Luz, para Tubérculo e está quase chegando na Operação Apagão. Que dias melhores venham pra todos nós e as boas notícias voltem a ser os destaques do nosso estado. Hoje nem é a sexta 13, é a terça 14, assustadora e apagada para alguns é motivo de fogos para outros. www.thalitamoema.com.br

A post shared by Blog Thalita Moema (@thalitamoemablog) on